Postagem por: Carolina

Para o segundo portfólio anual de TV da W Magazine, a revista pediu a 26 dos nomes mais procurados da televisão que prestassem homenagem a seus personagens favoritos da tela. Confira a tradução na íntegra:

“Estou interpretando a personagem mais americana que já interpretei”, diz Lily Collins, a estrela da comédia de sucesso da Netflix, Emily In Paris. “Nunca me senti mais americana, mas na minha vida real, me sinto muito britânica. E ainda assim eu me sentia tão desconectada do meu lado europeu, tendo que ser Emily.” Collins está falando de Paris, onde ela começou a filmar a 2ª temporada da série, que está vindo de uma recente indicação ao Emmy que deixou ela e sua co-star Ashley Park em pedaços. “[Nós] estávamos juntas no set no meu apartamento quando ela leu o telefone e disse: ‘Estávamos? Nós somos? Fomos indicados para o Emmy!’”, Lembra a atriz. “Não sabíamos que estavámos sendo anunciados e então começamos a gritar e gritar, ‘Corta!’” Collins, que nasceu em Guildford, Surrey, no interior da Inglaterra, pode estrelar um programa baseado em Paris como uma garota americana, mas suas raízes, ela diz, estão firmemente plantadas no Reino Unido. Essa é parte da razão pela qual ela escolheu homenagear The Great British Bake Off para o portfólio de TV de W, no qual ela encarna a juíza Prue Leith – também, porque ela ela mesma adora cozinhar. “Há esses biscoitos de chocolate específicos que eu faço, que já me pediram muitas vezes para fazer a receita”, diz ela sobre sua sobremesa de assinatura. “Oito anos atrás, comecei a pesquisar ideias no Google e, neste ponto, tudo se baseia apenas na memória e na visão.” Gostaríamos de pensar que ela se sairia bem contra os olhos julgadores de Paul Hollywood.

  • W Magazine: Quando foi a primeira vez que você viu The Great British Bake Off?

Lily Collins: Eu vi a primeira temporada do show. Eu me sinto em casa no interior da Inglaterra, tendo crescido lá, e adoro qualquer programa sobre panificação e culinária. Adoro estar rodeada pelo sotaque britânico, especialmente se não estiver na Inglaterra; há algo muito nostálgico nisso. Eu apenas assisto a cada temporada, mesmo quando eles estão mudando de anfitrião. Eu não consigo parar de assistir. Eu me empanturro.

  • WM: Você cozinha?

LC: Eu amo cozinhar. Eu vejo isso como uma terapia. Eu gosto de pensar nisso como uma peça de quebra-cabeça, também, porque eu asso muitas coisas veganas sem glúten, o que as pessoas acham que não parece tão divertido ou nojento, mas eu adoro fazer algo com chocolate vegano ou mais ingredientes e ver se funciona. E quando meu irmão mais novo me disse que meus biscoitos eram absolutamente incríveis e que ele os amava e comeu cinco, eu disse a ele que não era chocolate de verdade, e sua mente explodiu.

  • WM: Como Emily In Paris chegou até você? Como você começou o projeto?

LC: Eu vi Darren Star do outro lado da sala em um evento de caridade anos atrás. Eu estava com minha mãe e pensei, “Oh meu Deus, esse é Darren Star.” Queria muito dizer oi, mas estava nervosa. Eu simplesmente não disse nada. Quase uma década depois, recebi o roteiro do piloto, que eram os dois primeiros episódios combinados. Eu pensei, isso é o que eu estava esperando, este é o papel, porque eu gravei dois episódios do reboot de 90210 anos atrás, que, obviamente, é Darren Star. Eu era a garota bêbada, Phoebe, no baile que realmente queria ser a rainha do baile e acabou vomitando no banheiro. Lembro-me de ter pensado: “Meu Deus, adoro Grosse Pointe. Eu amo Sex and the City. Eu amo 90210, todas as opções acima. Eu amo os shows do Darren Star.” Então, eles me trouxeram para encontrar Darren. Tivemos uma ótima conversa. Então, algumas semanas depois, fiz o teste. Juntei um guarda-roupa do meu armário. Chamei uma das minhas melhores amigas e planejamos esse look do que pensamos que Emily usaria: uma camisa branca J. Crew com um colete de cashmere por cima, uma saia xadrez, que poderia ser uma velha saia abercrombie que eu ainda tinha no meu armário, e botas. Eu parecia muito universitária e estava tentando muito. Eu realmente senti que era Emily, definitivamente não era a Emily que criamos, mas era alguma coisa. Eu cheguei e fiz o teste para Darren. Eu me senti bem com isso, mas nunca se sabe. Eu só queria tanto. No meu aniversário de 30 anos, eu estava no set no Alabama, filmando em um abrigo subterrâneo, e Darren me ligou e disse: “Você gostaria de ser minha Emily?” Fiquei muito confusa, porque simplesmente não tinha ouvido nada [até então]. E eu disse, “Eu? Sério?” Foi uma reação muito Emily, agora que penso nisso.

  • WM: Você consegue ficar com algum guarda-roupa de Emily?

LC: Eu desejo. Eu recebi o vestido de pomar branco que eu peguei respingado de tinta na temporada passada. Eu peguei um limpo, o designer me enviou um com um par de sapatos, então eu posso mantê-lo para o bem da memória. Mas acho que muitas das minhas novas roupas favoritas são desta temporada. O guarda-roupa subiu ainda mais, o que eu nem sabia que era possível. Desde a última temporada, eu vou e volto. A ópera parecia um momento icônico para ela. Não posso deixar de fazer referência à camisa de seda da Torre Eiffel, porque eu simplesmente senti que, com o chapéu Mona Lisa, foi um verdadeiro momento Emily irônico. Ela abraça “mais é mais”. Ela é descaradamente ela mesma. E eu sinto que ela está sempre brincando, e isso representou isso perfeitamente para mim.

  • WM: Você já pensou em seu vestido de noiva para suas próximas núpcias com Charlie McDowell?

LC: Como um amante da moda e uma pessoa obcecada em procurar [meu próprio vestido de noiva], é divertido começar a usar o Pinterest. Eu sempre adorei [um] conto de fadas [visual], mas conto de fadas de uma forma muito clássica. Gosto de caprichosos, mas também adoro um look clássico. Então, ele está tentando combinar tudo isso, e não é algo que você considere levianamente – você quer ter certeza de que está tudo certo. Eu não cresci com a imagem ideal na minha cabeça do que deveria ser, então é muito divertido pensar nisso como uma adulta.

LCBR001~8.jpg

Fonte: W Magazine

Tradução & Adaptação: Equipe LCBR

publicado em: 17.08.2021 | Entrevistas
DESENVOLVIDO POR lannie d. - Hosted by Flaunt Network © 2021 - Lily Collins Brasil