evans

ESTÁ ROLANDO MESMO!

Chris Evans e Lily Collins estariam mesmo namorando! Evans, que visitou um hospital infantil vestido de Capitão América, foi apontado ao longo da semana como o novo namorado de Lily Collins.

E parece que os dois realmente estão se conhecendo melhor. De acordo com uma fonte do E! News, o ator de 33 anos e a atriz de 26 anos foram vistos juntos jantando em um restaurante italiano em Los Angeles, nestaa sexta-feira, 20 de março. Há uma semana os dois estampam os holofotes com os rumores de estar namorando, mas ainda não se pronunciaram sobre o possível relacionamento.

O suposto novo casal jantou sem mais companhias à mesa no restaurante. Evans bebeu uma cerveja e parecia mais falante durante o encontro. Ainda segundo uma fonte do E! News, que viu o jantar, ambos pareciam estar flertando. “Com certeza parecia que eles estavam em um encontro romântico“, acrescentou a fonte.

Evans viveu um longo relacionamento com Minka Kelly, entre os anos de 2007 e 2013. Lily foi apontada como affair de Zac Efron e, apesar de terem sido fotografados em clima de romance, eles nunca confirmaram o relacionamento. Evans e Collins nunca trabalharam juntos. No entanto, os dois foram à festa pós-Oscar 2015 promovida pela Vanity Fair. Não se sabe se os atores se conheceram lá. Se eles estiverem namorando, é porvável que começaremos a vê-los em inúmeros tapetes vermelhos juntos, pois o ator está promovendo seu novo filme, Os Vingadores 2: A Era de Ultron.





evans

Lily Collins e Chris Evans estão namorando, segundo o site Us Weekly. De acordo com a publicação eles estão namorando.

Uma fonte deu com exclusividade a informação que eles se envolveram depois de se conhecerem na badalada festa pós-Oscar da revista Vanity Fair, na madrugada do dia 23 de fevereiro.

O bonitão de 33 anos é – ou melhor, era – um dos solteiros mais cobiçados do mundo. “Está tudo indo devagar e querem deixar as coisas acontecerem sem pressa, eles estão se divertindo e vendo aonde tudo isso vai dar”, revelou a fonte.





















domaine

Lily Collins nos mostra a loja descolada de antiguidades da sua mãe em LA

O sentimento que o lixo de uma pessoa é tesouro para outra isso é particularmente é verdade para Lily Collins e para sua mãe Jill Collins. “Nós gostamos de ir ao Rose Bowl no final do dia, e olhar o que foi jogado fora, e nós achamos várias coisas legais.” A atriz de “Simplesmente Acontece” nos contou. A paixão que vem por caçar coisas e a animação que vem de achar coisas legais acabou por levar à Waverly on Doheny, West Hollywood a loja de antiguidades da mãe de Lily Collins. Passando alguns minutos nesse lugar charmoso e você vai se deparar com tudo desde um kit de caixeiro viajante de olhos de vidro à uma vara arrogância – um tesouro, se quiserem, de itens, todos com uma história única. Como o nosso diretor Mat Sanders percorreu a nova loja com Lily e Jill a reboque, temos informações privilegiadas sobre todas as aventuras das antiguidades.

Quando seu amor por antiguidades começou?

Jill: Quando meus pais começaram a jogar coisas fora e eu comecei a recuperá-los a partir do lixo quando eu era bem nova, que é quando começou.

Lily: O que então continuou quando nós fomos para Rose Bowl. Eu garimpando uma bolsa no “lixo” e acabei usando ela no Grammy’s, quando eu tinha 10 anos. Todo mundo estava “O que é isso, isso é maravilhoso!” Os antiquários vão jogar tantas coisas com a menor coisa, porque eles não podem vendê-lo.

Jill: Eu gosto do fato de que eles pertenceram à alguém, que eles têm uma história.

Com que frequência você vai comprar em antiquários?

Jill: Eu vou todo final de semana. Eu também vou a venda de imóveis, mas eles são mais agitados, porque as pessoas empurram e empurram.

Lily: Há definitivamente um “in” para as vendas de imóveis. É preciso existir um reality show sobre isso.

Você tem algum estilo ou época preferida que você ame comprar de algum lugar?

Jill: Eu não tenho. Eu criei um esboço, e quando eu atualmente olho procurando e também vejo a idade de tudo, que gastou 200 anos, que eu pensei que fosse incrível. Você pode conseguir coisas durante todas as épocas, desde que tenham uma aparência coesa, isso funciona. Eu poderia caminhar em uma loja que vendia equipamentos de pesca ou livros antigos, e eu gostaria de me tornar interessada nisso, porque eu sou muito curiosa. Tudo é uma questão de aprender sobre as coisas. Eu sou fascinada por qualquer coisa que tenha uma história.

Lily: Eu acho que isso é onde eu tenho meu lado jornalístico. Porque você sempre foi tão interessada em fazer perguntas, agora eu sou uma pessoa bastante curiosa, e eu quero falar com as pessoas e saber mais e mais, o que é provavelmente como a entrevista se forma. Eu gosto de fazer bastantes perguntas.

Qual a sua descoberta mais valiosa?

Jill: Essa é bem difícil!

Lily: Meu artista modelo manequim em casa, o qual você achou, é ,muito legal.

Jill: Sim, esse foi encomendado de um museu na Europa. Eu tenho toda papelada aqui, e é tão bonito. Esse foi um bom achado.

Lily: Eu chego em casa e ele está em posições diferentes em torno do meu apartamento. O cara que limpa o meu apartamento se diverte fazendo- o sentar em vários lugares diferentes. Ele é como meu pequeno hóspede.

Qual é a história por de trás de Waverly on Doheny?

Lily: Praticamente no ano passado, minha mãe e eu tivemos essa grande conversa sobre como este ano as garotas Collins estavam fazendo algum tipo de marca própria para as suas coisas. Eu disse para a minha mãe “Eu posso sentir isso, esse ano você vai fazer alguma coisa grande. Você vai usar suas habilidades de gestão coletiva e seus olhos para antiguidades para um grande propósito, e eu acho que você vai abrir uma loja.” Ela estava “Não, o que você está falando?” Literalmente seis meses depois ela abriu uma loja. Você sempre foi uma grande colecionadora e tem um olho incrível, simplesmente não há espaço na casa! Além disso, as pessoas sempre vêm ver você para presentes e outras coisas, porque você é realmente ótima em dar presentes achados, e então você tem uma loja de achados como escritório e um showroom.

Jill: Por vinte anos eu fiz trabalho de caridade, e eu gostaria de montar uma boutique diferente para organizações diferentes, então eu tenho uma variedade de fornecedores que eu posso chamar para itens novos que são diferentes e não estão em lojas de bebê ou de casamento. A questão toda é por que dar o ordinário, quando você pode dar o extraordinário?

Você tem alguma dica de compras em lojas de antiguidades?

Jill: Você tem que ser bastante paciente. Você tem que reagir à alguma coisa. Alguém simplesmente não pode dizer “Esse é um ótimo item, você tem que levar isso.” Você tem que gostar de antiguidades, e isso tem que dar um puxão no seu coração e ser algo que você quer viver.

Lily: E não tenha medo de se sujar. Eu estou dizendo suas mãos e seus braços até o final do dia…

Jill: Traga luvas.

Lily: Traga várias luvas. E traga sua própria bolsa.

Como você sabe se alguma coisa é um bom achado ou um bom negócio?

Jill: Eu faço várias busca online e aprendo coisas. Às vezes você apenas sabe, e eu sinto que eu tenho um olho para isso. Eu realmente “verifico” as coisas.

Lily: Mas também, quando um bando de negociadores estão olhando e encarando o que você acabou de comprar, você sabe que tem alguma coisa boa.

Jill: É quando você está empurrando um enorme carrinho ou um carrinho de feira e todo mundo está encarando suas coisas ali. E você vai “Eu consegui!”

Você tem alguma história engraçada?

Jill: Meu melhor amigo e eu costumávamos a ir em “mercado de pulgas” e procurar por roupas, e eu nunca quis cavar até o fundo da pilha, mas ali é onde você gostaria de encontrar o melhor material. Eu teria que comprar malas de viagem vintage para trazer tudo de volta.

Qual foi a melhor aventura de vocês comprando juntas?

Lily: Sempre que eu estou filmando algum filme, minha mãe vem me visitar, e tentamos sempre ir à algum lugar, como em Atlanta que fomos para shows de antiguidades e na Índia e no Egito fomos em todos os mercados. Estávamos no Egito nesse mercado louco cheio de especiarias, mas havia uma pequena loja onde nos fomos para o andar de cima e lá estava um cara muito velho sentado à mesa. Ele não falava nenhuma palavra em inglês. Nós fomos vasculhando tudo, e minha mãe olhou tudo e achou este carrossel. Nós negociamos e nos comunicamos sem falar qualquer palavra em inglês, nos só precisamos da natureza humana. Nós trouxemos de volta, e agora cada vez que olhamos para ele nos lembramos que ele foi o nosso achado no meio daquele mercado louco no Egito. E isso foi feito sem nenhuma palavra em inglês, o que é bastante impressionante.

Jill: Eu acho que é a caça, você sabe, que é a caça. Pode ser algo que é de cinco dólares ou quinhentos dólares não importam. Quando você sabe que você viu algo, e você começa com aquela grande sensação, e você fica animado. A melhor coisa que eu comprei recentemente foi essa bandeira de circo. Na verdade não é uma bandeira, acho que ela ficava do lado de fora dos vagões ou de caravanas, e é por sweet little Marie. Eu literalmente estava em um “mercado de pulgas” e virei a esquina e a vi pendurada na traseira de um caminhão. Eu fiquei sem palavras, eu não sabia o que fazer. Minha coisa toda foi como educar crianças da sua idade ou em seus vinte anos, que está tudo bem para comprar móveis de lojas normais, mas, por favor, acentuar com algo que é individual ou de que você se sinta conectado. É sobre encontrar algo que você ama. Reimaginar o passado para decorar o futuro.














s2

Este mês, Lily Collins, 25, e Sam Claflin, 28, estrelas de “Simplesmente Acontece’ [Love Rosie], a Adaptção cinematografica de Cecelia Ahern sobre o amor em todas as formas. “Lily e Sam capturaram a essência dessa história de amor muito bem”, diz a autora. “Espero que as pessoas sejam inspiradas a agarrar as oportunidades da vida e não deixar momentos passar por eles.” Pedimos que os atores nos contassem – tudo o que aprenderam sobre o amor. De encontrá-lo à primeira vista, a beleza do desgosto, os resultados são reconfortantes.

“Graças a filmes como Notting Hill e Simplesmente Amor, eu cresci sonhando que havia homens com lados românticos que não tinham medo de mostrar isso, e que tudo acontece por uma razão. (Sam e eu descobrimos rapidamente que amamos os mesmos filmes, era um bom sinal). Love, Rosie me ensinou que é preciso descobrir quem você é e o que você realmente quer, a fim de encontrar a pessoa certa. Quando você está apenas sendo você mesmo, que é quando você atrai alguém com as qualidades que são mais adequados para você. Depois tem aqueles que “não são seu tipo”, você perdeu a oportunidade de conhecer essa pessoa que pode ser perfeita para você. Às vezes, você só precisa dizer sim.

Quase todos os meus amigos são da época da escola, do ensino médio e universitário. Eles me conhecem desde antes que eu começasse a atuar e com muitos deles, foi como amor à primeira vista … Nós nos identificamos imediatamente e eu sabia que eles iriam fazer parte da minha vida para sempre. Eu sou um bom juiz de caráter. Aprendi que no início, quando me mudei para Los Angeles que ter as pessoas certas imediatamente querendo ser meus amigos por causa de minhas relações familiares, mesmo ouvindo os pais dizerem a seus filhos: “Você deve ser amigo dela porque …” Imediatamente eu tive essa advertência de que as pessoas podem ter segundas intenções. Eu olho para meus amigos sem juízos de valor, que vão com o fluxo e estão aceitando todos os tipos de pessoas e todos os tipos de experiências. Isso é algo que minha mãe, Jill, me ensinou. Ela sempre me levou a aventuras e se era um dia na praia de Veneza ou viajar para a África, foi para aprender sobre outras culturas. Ela me ensinou sobre a comunicação e não tenha medo de expressar uma opinião. Isso é outra coisa que eu procuro: alguém que discorda de mim. É importante ter adversários, não de uma forma ofensiva, mas alguém que você lembra que o que você está pensando nem sempre é correto.

O que mais? Alguém que pode tirar sarro de si mesmos; alguém que pode me fazer rir … No segundo que eu conheci Sam Claflin senti como se eu o tivesse conhecido há um ano. Eu diria que ele é uma alma velha, tão engraçado, um “cara” total. Ele me fez sentir tão confiante, eu confiei nele imediatamente Quando se trata de amigos, é preciso haver uma certa confiança de que, se você desafiar a outra pessoa que não vai fugir, ficar na defensiva ou julgá-lo. Há esse tipo de medo no início de qualquer relacionamento, amizade ou romântica, que se você disser algo que a outra pessoa pode não gostar, eles podem não chamá-lo novamente. Aprendi que nem todo mundo sempre vai gostar do que você tem a dizer e isso é bom, porque você está sendo você. Uma vez que um relacionamento começa aberto e honesto, você já está muito mais abaixo na estrada. É na partilha de suas falhas com alguém que você reconhece o fato de todos os tem. Claro, você quer mostrar a pessoa que você é perfeito, mas isso não é o mundo real.

Todas essas comédias românticas me ensinaram que tudo acontece por uma razão. Algumas pessoas entram na sua vida e que te ensinam o que você gosta e o que você não gosta. Se você realmente sente algo fortemente por alguém e teve seu coração partido, então você sabe até que ponto o seu coração pode sentir. E você sabe que você avançar
têm a capacidade de se sentir muito para alguém, e você pode navegar os próximos passos da sua vida romântica. Quando você sabe o quanto o seu coração pode sentir, você sabe que você não tem que se contentar com nada menos. Você pode fazer as coisas diferentes a partir de diferentes relacionamentos com pessoas diferentes. Você pode ter toda a experiência e tentar aprender algo sobre si mesmo – talvez algo que estava fazendo você feliz ou infeliz, as qualidades que você fez ou não gostou sobre essa pessoa – e levar isso com você, então pelo menos você sabe os limites do que funciona para você. Coração partido é uma porcaria, mas, eventualmente, você será capaz de passar por ele, assim como Rosie “
.












coll

A atriz de 25 anos, famosa por seus papéis em ”Espelho, Espelho Meu” e ”Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos”, falou sobre a famosa série da CW: ”Eu fiz um teste para a série Gossip Girl. Eu queria fazer a série. Pensei na hora que era o fim do mundo eu não ter feito. Pensando sobre as coisas positivas que ela conseguiu após não ter conseguido o papel pra fazer a série Gossip Girl: “Bem, eu conseguiria, se tivesse me mudado para Nova York, deixado o ensino médio e me afastar por seis anos. Eu não teria feito os filmes que fiz, e tudo teria sido diferente.”

Ela também falou sobre seu pai Phil Collins, e como foi crescer supostamente pela sua sombra: “No início, isso foi o mais interessante sobre mim. Agora que eu fiz oito filmes é diferente. As vezes tem pessoas que dizem Ei, eu adorei seu filme, e minha mãe ama seu pai”. É muito bom poder compartilhar isso com ele, mas não define quem eu sou em termos de carreira.” Collins acrescentou que ela se lembra de quando ela nem percebeu que seu pai era um dos maiores rockstars do mundo. “Nós íamos jantar e as pessoas vinham pedir autógrafos e eu pensava, ”Por que eles querem autógrafos do meu pai? Me lembro de um dia em que eu fiz a ele a pergunta mais estúpida: Eu disse, “Você já fez um vídeo-clipe? ”. Eu não fazia ideia.“







lil

Você é totalmente uma britânica honorária, quanto tempo você passa aqui e em L.A?

”Nós ainda temos uma casa na zona rural em West Sussex, eu volto para o Natal todos os dias. Eu amo o Natal aqui junto à lareira, tomando chá. Eu gosto de colocar a árvore de Natal e enfeitá-la. Eu acho que é algo muito especial para mim isso. Mas fui voltando cada vez mais para casa por causa da imprensa de filmes. Eu me considero muito mais européia do que americana. Mesmo que eu tenha sotaque americano. É por isso que para mim foi tão grande fazer esse filme, porque eu comecei a me ouvir falar como costumava e eu me senti mais britânica do que nunca.”

Seu IDMB está crescendo rapidamente – como é a sensação de fazer parte do conjunto de novos atores de Hollywood?

”É muito interessante, porque eu só tive espaço na atuação há cinco anos atrás. Antes eu estudei jornalismo em L.A.Eu amo estar com outros jovens na indústria agora porque me sinto bastante apoiada. Há alguns jovens atores, muito, muito interessantes que apareceram agora e foi muito legal ter novos talentos no filme – nós nos divertimos.”

Nós nunca a vimos saindo de clubes, qual é a chave para lidar tão bem com o jogo da fama?

”Eu nunca fui de sair. Gosto de me divertir e eu amo dançar e de vez em quando é ótimo fazer isso, mas no fim das contas eu gosto é de ir para casa e assistir reprises de programas de culinária.Eu prefiro ter uma noite divertida do que sair e encher a cara em um clube – coisa que nunca vai ser quem eu sou.”

Será que ter um pai famoso te ajudou a lidar com a fama?

”Eu sempre fui uma pessoa muito extrovertida e amo conhecer novas pessoas, mas há definitivamente coisas que eu sinto que tenho que compartilhar. Tendo crescido em uma situação com a minha família eu estava aberta para isso. Só porque eu estou fazendo o que amo e que passa a ser público, eu ainda sou uma pessoa que tem uma vida privada.”

Vamos falar de moda, seu estilo pessoal é o nosso look do dia…

”Meu estilo está sempre em constante mudança, o que é ótimo. Eu estou numa fase experimental agora; Eu gosto do meu cabelo cada vez mais curto! acho que às vezes os filmes que eu faço tem certa influência sobre o meu estilo. Quando eu estava filmando ”Espelho, Espelho Meu” eu definitivamente estava numa fase princesa, e então, eu estava usando um monte de couro e outras coisas, eu fui mais sexy e ousada.”

Você tem mantras de estilo?

”Eu gosto de usar coisas que falo para mim usar e não o que as pessoas falam o que você devo usar. Eu acho que você deve usar roupas, roupas não devem usar você. Eu estou numa fase onde tenho 25 anos e estou me divertindo com a moda e experimentando coisas novas, porque eu continuo pensando, se não agora, quando? Agora é a hora e se isso é com o cabelo ou maquiagem ou guarda roupa, é apenas diversão, diversão.”

Você sabia que há uma conta no Twitter dedicada para as suas sobrancelhas?

”Eu sei, eu acho a coisa mais engraçada.Eu não uso o Twitter, então eu não sigo-os, mas eu ouvi falar sobre isso. É engraçado porque crescendo em Los Angeles, houve uma fase da sobrancelha fina quando eu era mais jovem e eu queria me encaixar, então eu tentei mudá-las e passei a pinça em linha reta. Eu pensei que havia feito um ótimo trabalho, mas minha mãe ficou muito irritada porque pensou que ela nunca poderiam voltar a crescer. Se eu estivesse dizendo a mim mesma naquela época, eu saberia esperar, ser paciente, você vai ter um momento na moda, você vai ter um twitter, um dia, tudo vai ficar bem.”

5 perguntas engraçadas para Lily Collins:

1 – Qual reality show você faria?

”Eu amo Great Brittish Bake Off! Eu vejo o tempo todo – por isso seria esse ou Top Chef nos Estados Unidos porque é divertido, eu adoro experimentar novos alimentos.”

2 – Qual pessoa você traria para o Dia de Ação de Graças?

”Oh Deus, Karl Lagerfeld.”

3 – Se a Company UK fosse para Los Angeles para te dizer oi, onde você iria nos levar?

”No mercado de pulgas.”

4 – Qual seria o seu super poder?

”Eu adoraria ser capaz de estalar os dedos e estar em algum lugar, como transporte em mim mesma. E minha bagagem iria comigo, seria ótimo.”

5 – Emoji’s, Twitter ou Instagram?

”Eu não gosto de Emoji’s. Eu não tenho Emoji’s no meu celular. Eu fiz um Twitter mas parei, eu amo Instagram. Eu sempre amei fotografia e acho que as imagens dizem muito.”



simplesmente

1 – Lily Collins: O filme é estrelado por Lily Collins (Os Instrumentos Mortais, Espelho, Espelho Meu) como Rosie e Sam Claflin (Jogos Vorazes: Em Chamas), como o melhor amigo de Rosie, Alex. Ambos são bons atores que estão cheios de carisma e charme.

Lily Collins é o tipo de atriz que você não pode ajudar, mas gostaria. Suas performances em filmes anteriores foram fortes, mesmo que às vezes, como em ‘Instrumentos Mortais’, o filme não chegue as suas expectativas.

2- Sam Claflin: Sam Claflin conseguiu encantar praticamente qualquer fã de Jogos Vorazes com o personagem Finnick Odair, por isso vai ser interessante ver o que ele pode fazer quando se tem um romance com alguém na tela.

3- A história: Enquanto a história no livro é lenta e desajeitada, o filme nos fará ver os personagens interagindo, obtendo, assim, um história mais arrendondada.

Além disso, alguns dos e-mails e cartas poderão ser descartados, tornando o filme mais elegante e mais coerente.

4 – A química: A química entre Claflin e Collins tem grandes faíscas no trailer. Se eles estão atirando-se um para outro, ou tendo interações estranhas, tem crepitação. Eu acho que eles são um grande emparelhamento.

5 – O humor: O livro em partes é engraçado e o trailer e teasers certamente sugerem que tem mais. Um dos teasers onde a personagem de Collins faz sexo pela primeira vez, é particularmente divertido.

6 – Gravidez na adolescência: O filme tem uma opinião positiva sobre o resultado da gravidez na adolescência e, na verdade, mostra que nem sempre é algo que precisa ser difamado.



coll

Lily Collins afirma que a honestidade é o principal para se ter um bom relacionamento.

A atriz de 25 anos não acha que há um segredo para se apaixonar, mas acredita que ser sincero com seu parceiro constrói a melhor base para a felicidade a longo prazo.

Conversando com a BANG Showbiz, ela conta: ”Não importa quanto tempo se leva para se apaixonar, desde que, no final, as pessoas sejam honestas. Quando você é honesto, vale a pena…

”Todo mundo tem sua própria velocidade dependendo da honestidade, então eu diria que é bonito, mas isso depende de pessoa para pessoa.

Lily interpreta Rosie Dunne, o interesse amoroso de Alex (Sam Claflin) no filme ”Simplesmente Acontece”, que é sobre os dois amigos percebendo lentamente que gostam um do outro.

A comédia romântica é cheia de momentos difíceis e a estrelinha- cujos pais são o música Phil Collins e sua segunda esposa Jill Tavelman – diz que muitas das cenas embaraçosas são realistas.

Lily explicou: ”Todo mundo tem um amigo que passou por algo tão engraçado como alguns dos momentos do filme. Nós temos que focar mais sobre esses momentos difíceis e dizer que está tudo bem e que todo mundo passa por esses momentos.”



glamour

Descreva você mesma em 5 palavras

Fiel, enérgica, aventureira, elegante e confiante

Quando você decidiu que queria ser atriz?

Meu pai costumava ler histórias para mim quando era criança e ele usava vozes diferentes

Na escola, você era uma Rosie ou tinha um grupo de amigos?

Eu tinha realmente um grupo fabuloso de amigos

Aconteceu algum acidente no set?

Quando eu estou batendo na lixeira, tirou um pedaço da minha perda!

Rosie era uma rebelde na escola, você foi?

Minha mãe disse que eu não fui. Eu ainda espero por essa fase rebelde!

Qual a pessoa mais engraçada que você trabalhou?

É um lance entre Sam, Nathan Lane e Matthew Broderick

Quem é seu ícone de estilo?

Audrey Hepburn para o clássico. Minha mãe para o eclético e Natalie Portman por ausência de esforço

Que comida você não pode viver sem?

Sushi! maçãs e chocolate preto

Qual foi o melhor momento que você teve com seus colegas de elenco?

Nós todos fomos para um pub em Dublin e vimos um jogo de futebol

Se você não fosse atriz, que trabalho estaria fazendo?

Eu amo o jornalismo, mas eu também amo cozinhar!

Quando você viaja, o que você sempre leva com você?

Vários carregadores de telefone, creme para as mãos, batom e meu iPAD

Vai ter a segunda parte de Os Instrumentos Mortais?

Infelizmente eu sei o tanto que você sabe!

Qual a sua música favorita no momento?

Latch do Sam Smith com Disclosure

Quem você gostaria de trabalhar no futuro?

Colin Firth, Meryl Streep e Johnny Deep

Como foi interpretar uma personagem durante toda a sua vida?

Desafiador, mas divertido, porque eu tenho que ver a personagem crescer

Melhor parte de filmar na Irlanda?

É muito bonito e verde e as pessoas são hospitaleiras e agradáveis

Qual foi a melhor parte de trabalhar com Sam?

Bobo, confiante e talentoso. E FEIO- BRINCADEIRINHA!

Como você se sente sabendo que as pessoas te vêem como uma inspiração?

Honrada mas eu estou constantemente inspirada por todos vocês

Você planeja voltar ao Twitter?

Nunca diga nunca, mas eu estou muito no Instagram!



audrey

Audrey Hepburn: ‘Suas características atemporais, elegância e charme sempre representarão a epítome da graça. Ela não era apenas uma atriz incrível, mas seu trabalho de caridade com a Unicef foi inspirador e admirável’

Natalie Portman: ‘Eu respeito muito a sua transição de jovem estrela para a atriz que conhecemos hoje. Ela transforma-se não apenas em todos os filmes que faz, mas também em sua forma’

Karl Lagerfeld: ‘O homem é um gênio. Ele não é só um dos mais inteligentes, mas também é um dos mais calorosos, engraçado e charmoso. Seu olhar e concepção estética são impecáveis’

Meryl Streep: ‘Admiro tudo que ela faz. Ela faz tudo com tanta classe e graça. Quer se tratando de criar três filhas lindas ou tranformar-se em todos os filmes que faz. Quando eu estou olhando para ela na tela, não vejo a Maryl. Eu vejo um novo ser humano que é absolutamente cativante e comovente’

Minha mãe: ‘Ela sempre me ensinou a experienciar a moda e aceitar quem eu sou. Ela me ensinou que ”coisas peculiares é o que faz de você bonita.”